Quantidade de vídeos do Facebook já ultrapassou os do Youtube na rede social

you

Essa briga entre Facebook e Youtube pra ver quem é o rei supremo do reino dos vídeos online já tá virando uma novela, né? Previously on “The Facebook and Youtube War”….

E agora acaba de ser divulgado um novo capítulo bombástico dessa novela…

A SocialBakers, empresa de monitoramente de mídias sociais, estudou mais de 2 mil páginas de marcas e figuras públicas e descobriu que eles já estão usando o Facebook como plataforma prioritária pra subir e divulgar seus vídeos. Em novembro, pela primeira vez na vida, a quantidade de uploads de vídeos de usuários no Facebook ultrapassou os vídeos compartilhados do Youtube.

A casa caiu?

Isso é uma mudança muito importante no centro de poder vidiático online. Até outro dia ninguém nem pensava no Facebook como uma plataforma de vídeos e em pouquíssimo tempo, menos de 6 meses, o cenário mudou muito. É claro que o Youtube ainda é a ferramenta principal pra publicação de vídeos na internet, mas no Facebook, os vídeos do site do Google tem cada vez menos importância.

Aqueles que usam o Youtube como plataforma criativa estão assustados, já que os vídeos do Youtube postados na timeline tiveram seu alcance restringido, subir coisas diretamente no Facebook é um problema por que o conteúdo não é monetizado e a rede social pode tirar qualquer página do ar a qualquer momento sem explicação. E já é dado público que, nos Estados Unidos, o Facebook montou um time que está assediando algumas das maiores estrelas do Youtube e tentando convence-los a trabalhar na rede social.

Estamos acompanhando em real time umas das maiores brigas do mundo digital na atualidade. Tô muito ansiosa pra saber o que vai rolar nos próximos capítulos dessa novela. Eu, se fosse você, não perdia esse dramalhão por nada!

Via Time e Youpix

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>